Bem-Vindos....

Bem-vindos todos os desavisados e os mais avisados...Que estejam com as mentes e as pedras em prontidão para se lançarem ao pequeno Universo de Idéias que os convido a permanecerem só um pouco...

Monday, October 05, 2009

Exclamando Você!

Eu peço desculpas quantas vezes for possível, mas sei que não será nunca suficiente. Errei. Errei no momento que mais deveria acertar. Justamente quando meu sonho maior se ajusta. Nem todas as histórias do mundo eu estou envolvido. E você não tem como acreditar. Amo quem eu amo. Você. E você sabe o que sinto. Errei. Errei pelo egoísmo. Pela minha frustração comigo. Minha imaturidade. Nunca teve haver contigo. Nunca! E aos seus olhos sou apenas uma sombra. Vou lutar para lhe ter de volta. Isso não é uma promessa é um objetivo. O fruto desse sentimento vai ser a dádiva que teremos. Receberá toda a atenção e cuidado até como desculpa. Mas será por amor. Não posso voltar a trás, queria, e como queria. Se pudesse daria a minha alma em troca, mas não dá. Meu corpo dói. Choro como quem urra da alma. Como se o corpo fosse queimado. Sinto cada pedaço do meu corpo ser quebrado cada hora. Arrancado com uma faca. Ao respirar dói. Não durmo, desmaio. Levanto e tento seguir. O que me leva a ir em frente é exatamente o objetivo, você. Eu amadureci em poucas horas os anos que se passaram. Ainda me verá diferente. Eu terei um valor que se somará. Queria apressar o tempo já que não posso fazê-lo voltar atrás. Estarei todos os dias lutando essa batalha inglória, segundo você. Vou chorar todos os dias, não importa. Se isso um dia me trouxer você. Eu estarei sempre, exclamando você!

Sunday, October 04, 2009

Reconstruindo Sob Ruínas e Esperanças

Reconstruir é recomeçar. Passar antes do zero e seguir em frente até chegar num número alto e positivo. Desqualificar o significado do que é uma linha. Um ponto para chegar até o outro ponto. Uma linha pode ser cruzada. Você não quer, mas usa a oportunidade para fazê-lo. Perde-se nas linhas. Não sabe como seguir a linha inicial; reta com o objetivo reafirmado. Erra na junção das retas. Mesmo que você a transforme numa parábola. Uma linha que fica arredondada. Mas e o erro? Você tem que criar uma nova reta. Mais uma linha. Refazer o itinerário. Será que consegue?
O esforço terá seu valor, quando provado. Rebusque. Rasure. Insista. Chegue a tocar na linha alheia. Mostre que você pode acertar dessa vez. Você sabe que terá que partir do ponto A para o ponto B. E não ir de encontro ao C. Suas esperanças estão em cima do que você já tinha sonhado. O resultado final.
A melhor maneira de se reinventar é acreditar no futuro.
Você cometeu um deslize e tanto. Criou um farnel de mentiras, um verdadeiro esconderijo raso de mediocridade, imaturidade e mau-caratismo. Okay, eu sei o que você fez e o porque, mas o resto do mundo está atônito. E mesmo eu sabendo, pode ter certeza que não se justifica.
Não sei bem quem será seu amigo nesse momento crucial. A cruz estará nas suas costas. Todos vão torcer o nariz para você e lhe dizer com todas as letras: I-M-B-E-C-I-L. Mas será diferente das outras vezes você sabe o que fazer, só não tem a mínima noção do que será daqui para frente. Dessa nova linha. Seguirá em frente tentando recomeçar a linha antes tracejada.
A linha do tempo será seu fio condutor. Seu caminho. Onde você vai chegar? Obviamente em algum lugar, mas não sei se será onde você queria. Você teve a chance de dizer “não” e o que fez? Deixou a vida lhe levar. Você tem uma frase escrita na sua vida. A decore. Leia quantas vezes for necessário. Sério, a leia, ela começa assim: “Aprenda...” O resto você irá completar e faça da melhor maneira, pense antes de qualquer movimento. Não vá encher a cara, saltar do prédio ou injetar uma seringa cheia de ar na veia. Mostre-se como um pavão que está envelhecendo com todas as cicatrizes. Com a sua mudança de penugem.
Peça desculpas. Vamos, não se envergonhe mais. Ajoelhe-se. Não só física, mas moralmente. O pavão perde suas penas e caminha mais devagar. E atrás dele, com as linhas alongadas, vê-se um caminho partindo antes do zero. A esperança saindo das ruínas. Basta você conseguir reconstruir o seu futuro.