Bem-Vindos....

Bem-vindos todos os desavisados e os mais avisados...Que estejam com as mentes e as pedras em prontidão para se lançarem ao pequeno Universo de Idéias que os convido a permanecerem só um pouco...

Monday, June 11, 2012

Um Dia Antes do Dia Dos Namorados


            Não por ser amanhã, mas por ser mesmo amanhã o tenha como um novo dia, pensamos como se todos andassem no sentido contrário ao seu. Você, parado no meio da rua, com centenas de pessoas que formigam as calçadas. O amanhã se chama o dia dos namorados. Amanhã é o dia onde você, casado ou casada está com seu companheiro num jantar de poucos e para tantos uma mesa farta de silêncio, num rompante de troca de presentes, num vazio da rotina, na solidão dos apaixonados distantes, dos ainda não encontrados e os que esperam por quem pode desembarcar no aeroporto em busca desse romance, daqueles que se foram atrás ou de mais outros que redescobrem o caminho. O dia é fatídico. Mítico. Cômico. Dramático. Apático. Um dia a mais que riscamos na folha do calendário pendente na cozinha.
            E nesse amanhã bem cedo o dia já amanhece igual na diferença de cada um. De cada relação. De cada romance. De cada final não feliz. Uns ainda amontoam suas saudades com a tristeza nos relacionamentos  que o fizeram chorar, o humilharam, o fizeram feliz. Outros enchem seus corações com as esperanças como se aguardasse que o seu telefone toque só para ouvir aquela voz dizendo, “oi”, “desculpa”, “como você está?”, “quanto tempo”, bobagens de corações pendurados entre as fotografias e frases espalhadas pelo seu quarto ou que sua caixa postal de email esteja apenas com um remetente que trema suas mãos, balance sua cabeça e gele seu estômago.
            Você pode ter seu amor ao seu lado em carne, ossos e muito prazer. E talvez só as duas primeiras e ainda assim ser seu amor. Um novo amor. E também buscar o prazer em outros lugares. Não esquecendo quem é casado e não encara um novo dia, um novo começo por comodidade e se frustra diariamente num casamento falido e busca em outras camas o calor que não tem em casa.
            E vamos lá, pense, force a cabeça e diga para você mesmo que amanhã estará sozinho por opção, por oportunidades ou por escolhas. De qualquer forma tem os dois lados onde você pode ter sido culpado. Ninguém é inocente.
            Mas vá com seu amor, entenda seu amor, se faça por entender. Corra atrás. Pare. Espere. Só não se esquive. Não se permita deixar levar ou ser levado na omissão. Não coloque o trabalho na frente os compromissos, não pense só em você, saiba dividir e não use a palavra para somar como uma coisa pejorativa onde mostre que você quer atingir e não um objetivo em comum. Encontre ai o ponto. Já conversamos sobre isso. Não traia apenas o outro. Não traia a si. Não seja um sabotador em seus relacionamentos esperando o erro e as falhas dos outros. Não julgue. Apenas viva. Sinta e quem sabe nesse momento descobrirá muito mais.
            Você, casado ou não, namorando, sozinho pense, feche os olhos e quem vem a sua cabeça?  Não se preocupe hoje é um dia antes de amanhã. E amanhã será mais um dia que se repetirá ano que vem. Só faça diferente. E comece a caminhar com a multidão que não te conhece. O horizonte é vasto e o movimento não pára.
            Sobre você não sei o que fará, mas eu apenas vou abrir uma garrafa de vinho e beber as lembranças me embriagando com o futuro. Um bom vinho não trará a ressaca como companhia. Um brinde!